Virada Cultural de SP terá “A Banda que Voa”

postado em: Esquinas da Cidade | 0
Ilustração; Célio Nunes – Arte; Alisson Sbrana
Sandami-divulg. Alisson

 

Projeto inédito do cantor Sandamí e Cia K

 

O espetáculo estreia com uma homenagem ao centenário do samba e promete emocionar a plateia no Sambódromo Anhembi

 
Ilustração: Célio Nunes / Arte: Alisson Sbrana

 

Junto com a Cia K, o cantor, compositor e percussionista Sandamí homenageia o centenário do samba de uma maneira jamais vista no país – nas alturas, a cerca de 20 metros do chão, altura equivalente a um prédio de aproximadamente 15 andares.

 

Com a banda toda suspensa e presa em cabos de aço, Sandamí e seis músicos com seus instrumentos serão içados e farão um show no ar, ao vivo, de forma inusitada e emocionante, no Sambódromo Anhembi, com 4 apresentações durante a Virada Cultural, tradicional evento promovido na cidade de São Paulo com 24 horas ininterruptas de programação cultural que ocorre nos dias 20 e 21 de maio.

 

É a primeira vez que o número que mescla música, arte circense e efeitos de voo será realizado. Sandamí e seu inseparável pandeiro, acompanhado pelos músicos Edu Salmaso Peixe (bateria), Marcelo Johnson (guitarra), Leandro Matsumoto (contrabaixo), Carrapicho Rangel (cavaquinho), Erik Escobar (teclado) e Juninho Karegato (percussão) apresentam sambas que marcaram as épocas de 1910 até os dias de hoje. “É um sonho lançar esse projeto na Virada Cultural de São Paulo e homenagear a cultura, a música popular brasileira e o centenário do samba”, ressalta Sandamí.

 

O projeto surgiu a partir do Aerogroove, número que pendurou 20 percussionistas em uma espécie de “mobile humano” a 30 metros de altura e que foi apresentado na Virada Cultural e na chegada da tocha olímpica em São Paulo em 2016 e no carnaval de Recife deste ano.

 

Sempre movido pelo desejo de criar e de se recriar, Kiko Caldas, diretor artístico da Cia K, em conversa com Sandamí, que lança um CD em homenagem ao centenário do samba neste ano, teve as primeiras ideias da “Banda que voa”, espetáculo que promete animar, contagiar e emocionar o público por onde passar, quer dizer, por onde voar.

 

Sobre Sandamí

O nome é novidade, uma homenagem à avó – o San da Mi – Sandamí, mas a figura já é bem conhecida pelo público de todo o Brasil. Dono de uma extensão vocal sem limites e agudos de rock´n´roll que ganham suingue com o inseparável pandeiro, o artista mostra que vai além, ampliando a mistura rítmica com o CD e DVD “De Tudo pra Todos”, primeiro projeto da carreira solo depois de 11 anos à frente do grupo Sambô. Com dez CDs, quatro DVDs e três videoclipes lançados em 20 anos de carreira, o músico também emplacou duas músicas em trilhas de novela da Rede Globo e fez duas turnês internacionais – uma nos Estados Unidos e outra no Catar. No segundo semestre de 2017, o cantor lança um CD em homenagem ao centenário do samba.

 

 

Sobre a Cia K

Foi criada e é dirigida por um dos pioneiros em São Paulo e no Brasil a realizar espetáculos de Circo Contemporâneo, Kiko Caldas, que alia apresentações virtuoses corporais, acrobáticas e aéreas com outras linguagens como teatro, dança, música e multimídia. Kiko Caldas tem 30 anos de experiência no mercado artístico foi um dos fundadores do Acrobático Fratelli e da Fractons.

 

A companhia conta com estrutura e equipe altamente especializada de artistas, técnicos, organizadores e administradores e tem no currículo a realização de inúmeros espetáculos pelo Brasil e América Latina, sempre se destacando pela qualidade e inovação técnica e artística. Já se apresentou nos principais eventos do país como, “Jogos Olímpicos’, “Virada Cultural”, “Carnaval do Recife”, “SESCS” e em eventos internacionais como, “Festival Mundial de Circo no México”, etc.

 

 

Ficha Técnica – A Banda Que Voa

 

Equipe Artística

Músicos

Sandamí – Voz e pandeiro

Edu Salmaso Peixe – Bateria

Marcelo Johnson – Guitarra

Leandro Matsumoto – Contrabaixo

Carrapicho Rangel – Cavaco

Erik Escobar – Teclado

Juninho Karegato – Percussão

 

 

Equipe Técnica

Kiko Caldas – Direção Artística
Sandamí – Direção e Produção Musical
Carrapeta Produções – Produção
Eduardo Rassi – Produção técnica
Sandro Nascimento – Técnico de Som
Daniel Fei – Roadie

Riggers – Junior Assalti e Cleber Fernando

 

Serviço – A Banda Que Voa na Vira Cultural em SP – 20 e 21 de maio

Arena Interação

Local: Sambódromo Anhembi
Endereço: Av. Olavo Fontoura, 1209, Santana, São Paulo, SP

Horários: dia 20/05, 22h e 0h  e dia 21, 15h e 16h30

Ingressos: entrada gratuita
Classificação indicativa: livre

Informações Anhembi: http://www.anhembi.com.br/virada-cultural-2017-no-sambodromo-do-anhembi/